Como manter o foco durante o Home Office?

24/03/2020 Uncategorized

A facilidade com que se dissemina o vírus Covid-19 (novo coronavírus), causador da atual pandemia, fez com que muitas empresas adotassem o trabalho por home office. Assim, efetiva-se com mais homogeneidade a distância social, um dos fatores que pode ajudar a desacelerar a dissipação do vírus.

O esquema por home office, no entanto, não vem sem desafios. De um lado, além dos benefícios frente aos riscos de saúde, o profissional não precisa sair de casa, evita gastar dinheiro com transporte, se preocupar com o trânsito ou em gastar seu tempo com conversas que distraem.

De outro: pode ser mais fácil procrastinar e perder o foco ao trabalhar sem a “supervisão” dos colegas ou muito perto de objetos de lazer ou descanso.

Nesse contexto, uma coisa é certa: o home office exige disciplina. Em um artigo para a Harvard Business Review, a coach Elizabeth Grace Saunders, que tem mais de uma década de experiência trabalhando de casa, oferece algumas dicas para tornar essa experiência mais agradável e produtiva.

Como para manter o foco em trabalho home office:

Dica 1: Estabeleça um horário de trabalho

Não é só porque você pode começar a qualquer hora que deva começar a qualquer hora: isso torna a linha que separa seu tempo pessoal do profissional ainda mais difícil de enxergar.

“Eu me perguntava: se eu estivesse em um escritório, faria essa tarefa durante o dia? Se a resposta fosse não, sabia que precisava fazer essa atividade antes ou depois do horário de trabalho”, escreve Saunders.

Lembre-se que cada um é diferente, então se para você uma ida ao museu ou um café à tarde com um amigo não atrapalham seu rendimento, não precisa ir ao extremo de se manter 100% focado dentro de uma dada faixa de horário.

O importante é entender quais são os obstáculos para sua produtividade e então estabelecer quais deles você não vai fazer durante o tempo de trabalho.

Dica 2: Estruture seu dia

Quando você chega num escritório, é fácil imitar o que os outros estão fazendo e começar logo a trabalhar. Se seu escritório é sua casa, é útil ter um guia.

“Maximize a eficácia de seu tempo em casa ao estruturá-lo como um dia típico de trabalho”, sugere Saunders. “Definir uma programação não apenas dá estrutura para o dia, mas também ajuda você a se manter motivado”, acrescenta O`Hara.

Isso pode se dar de diversas maneiras, de reservar blocos de tempo para reuniões, ligações, determinadas tarefas ou pensamento criativo a blecautes de e-mail, aqueles períodos em que você está proibido de se distrair.

Para a escritora O`Hara, leva algumas semanas para entender qual é seu melhor ritmo de trabalho em casa. Vale, para ajudar, determinar expectativas realistas do que se quer realizar durante um dia.

Outra dica é fazer uma lista das tarefas do dia – se fizer na noite anterior, melhor ainda – e encaixá-las dentro de certos períodos de tempo. Assim, você garante que não está esquecendo de nada importante.

Dica 3: Faça pausas regulares

Pode ser tentador trabalhar sem parar, principalmente se você estiver tentando provar que é produtivo em casa. Mas é vital fazer intervalos regulares – e até melhor para a produtividade, explica O`Hara.

“Pesquisadores de uma empresa de mídia social rastrearam recentemente os hábitos de seus funcionários mais produtivos. Eles descobriram que os melhores trabalhadores normalmente trabalhavam intensamente por cerca de 52 minutos e depois faziam um intervalo de 17 minutos.”

A explicação, em partes, é que essas pausas têm efeito “restaurador”. Pode ser tão simples quanto olhar pela janela ou ler o jornal, qualquer coisa que dê ao seu cérebro a oportunidade de se recuperar brevemente.

Dica 4: Estabeleça limites com os outros

“Quando você trabalha em casa, é fácil deixar a sua vida profissional se confundir com sua vida pessoal”, destaca O`Hara.

“Se você estabelece expectativas e se atém a elas – por exemplo, realmente parar de trabalhar às 17h –, as pessoas entendem seus limites ao invés de assumirem que você está disponível”, escreve a coach, por sua vez.

Além disso, não é só porque você está de home office que está de folga ou disponível para conversar, e seus amigos e familiares precisam saber disso. Ter um espaço específico para trabalhar de casa, como escritório ou quarto em que é possível fechar a porta, também ajuda nessa divisão.

Em outro ponto, como a visibilidade pode ser um fator importante para crescer na carreira, faça um “check-in” sempre que possível com colegas e superiores. Diga às pessoas o que você está fazendo, o que cumpriu no dia, etc.

Dica 5: Mantenha-se conectado

“O isolamento prolongado pode levar a uma menor produtividade e motivação. Portanto, se você não tem um emprego que exija horário de trabalho diário com outras pessoas, é necessário fazer um esforço extra para permanecer conectado”, destaca O`Hara.

Para ajudar, use as mídias sociais para falar com amigos e o LinkedIn para aquecer sua rede de contatos profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *