CONHEÇA AS DIFERENÇAS ENTRE AMADEIRADO, LÂMINA NATURAL E LAMINADO DECORATIVO

07/05/2019 Móveis planejados

Móveis de madeira são queridinhos da decoração. Superversáteis, eles podem seguir tendências ou ter um estilo atemporal, aparência natural ou colorida. Não à toa, são unanimidade em qualquer ambiente. Difícil imaginar um espaço da sua casa ou de trabalho que não tenha pelo menos um deles, não é mesmo? Como a maioria dos móveis de madeira é revestida por lâminas, a qualidade delas é superimportante para a durabilidade e beleza da peça. Afinal, ninguém quer ver seu móvel descolando ou formando bolhas na superfície.

Essa espécie de laminação se divide em amadeirado, lâmina natural e laminado decorativo, revestimentos com espessura e aplicação que variam de acordo com o fornecedor. Para preenchimento do painel, os substratos (chapas para aplicação) mais encontrados no mercado são o MDF e o MDP . Vamos às diferenças, aplicações e cuidados com cada um deles:

 

AMADEIRADO

Também conhecido no mercado como BP (baixa pressão), é um lâmina sintética cujo desenho se aproxima da madeira natural, podendo ainda ser unicolor. O amadeirado combina bem com móveis de linhas retas, possui ótimo padrão de cores, não tendo nenhuma variação de tonalidade. Além disso, é muito prático para limpeza, pois resiste a alvejantes. Uma criança rabiscou a porta do armário? Basta passar um pano com álcool para retirar a tinta sem danificar o acabamento. E mais: possui ótimo custo-benefício, já que sua industrialização não passa pela etapa de lixação e acabamento.

 

LÂMINA NATURAL

Trata-se de um dos produtos que mais valoriza o móvel, em função do desenho diferenciado de cada madeira extraída da floresta, mesmo que seja da mesma espécie de árvore. O mobiliário feito com lâmina natural sempre carrega as diferenças de cores da própria madeira e, com a incidência de luz solar, tende a escurecer ao passar do tempo. Ela também permite mais ousadia e criatividade do designer na construção do móvel, fazendo cones, curvas, chanfros e encontros em meia esquadria, entre outros. Para a manutenção, o ideal é usar apenas pano úmido, pois os produtos alvejantes acabam entrando em conflito com a química do verniz do móvel, danificando com manchas ou alterando o brilho do acabamento.

 

LAMINADO DECORATIVO

Lâmina sintética AP (Alta Pressão), esse é um dos revestimentos mais resistentes para ser utilizado nos móveis. Há décadas o laminado decorativo está em linha, sobretudo em cozinhas e mobiliário corporativo, dada sua resistência a riscos e impactos. No Brasil, é comumente chamado de Formica, que na verdade é o nome da marca pioneira a introduzi-lo no mercado. Existe uma gama enorme de laminados decorativos que imitam padrões de pedras, aços, lacas, madeiras envelhecidas, tons cimentícios, madeira natural, etc. Sua aplicação pode ser feita no local. Se expande para a construção civil em faixadas e revestimentos de colunas e paredes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *